CÂMARA MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS

 

Recuperação da Memória Histórica do Legislativo Petropolitano

 

Pesquisa histórica feita nos anos de 2003 e 2004 

Coordenação:
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Petrópolis (em 2003/2004)
Edyr Dias Raposo – Assessor de Comunicação Social
Fabiano Marçal – Assistente de Imprensa

Colaboração:
Dr. Paulo Machado da Costa e Silva
Arthur José Varella Guedes

Acervo Histórico de Gabriel Kopke Fróes

Organizador: Arthur Leonardo de Sá Earp

Estudos do Instituto Histórico de Petrópolis – IHP

 

 

Apresentação em 2017 

No ano de 2003, foi realizado um projeto cultural na Câmara Municipal de Petrópolis, criado pela Lei 5.110, com o objetivo de resgatar a história da Câmara. Agora, essa pesquisa, que foi publicada em partes durante todo o ano de 2004, foi compilada em um único documento, que foi atualizado e também foi feita nova revisão, segundo o Acordo Ortográfico de 2009.  
 
 

O Resgate da Memória Histórica do Legislativo (Apresentação em 2004)

As pesquisas históricas realizadas até então nos revelam interessantes nuances que fazem reconstruir a Memória do Poder Legislativo Petropolitano. Para conhecer mais profundamente a nossa história, os personagens e o que significam esses quase 150 anos de existência do Legislativo Municipal em nossas vidas é preciso juntar várias peças de um mesmo quebra-cabeça.

A Mesa-Diretora da Câmara Municipal da gestão 2003/2004 entendeu que era preciso resgatar essa história, dando prosseguimento a um trabalho que começou na concepção da Lei 5.110, de 20 de Janeiro de 1994, quando foi criado o Projeto Cultural da "RECUPERAÇÃO DA MEMÓRIA HISTÓRICA DO LEGISLATIVO PETROPOLITANO", em parceria com o Museu Imperial de Petrópolis. Além dessa pesquisa, o projeto também fez a transcrição de todas as atas do legislativo municipal no período imperial (1859 – 1889), que podem ser encontradas na página da Câmara Municipal de Petrópolis na internet.

O projeto de resgate da memória histórica do legislativo teve início em 1993; entre 1997-2000 foram lançados quatro disquetes com as atas, que posteriormente foram reunidas em CD-ROM e atualmente estão disponíveis no site da Câmara. Agora, em parceria com a Prefeitura, serão reunidos diversos documentos históricos do período imperial e, em paralelo, quanto possível, transcritas as atas do período republicano. O projeto tem a coordenação do Diretor do Departamento de Assuntos Jurídicos e Técnicos da Câmara (DAJT), professor Paulo Machado da Costa e Silva e da Chefe do Arquivo do Museu Imperial, Maria de Fátima Moraes Argon.

O que a Câmara Municipal de Petrópolis pretende, nesse momento, é resgatar o seu glorioso passado histórico, contando as histórias daqueles que ajudaram a escrever os capítulos do Poder Legislativo, desde os idos de 1859 até 2004, promovendo uma intrigante e saborosa viagem no tempo.

A Câmara Municipal é a casa do povo e, como tal, convida toda a população petropolitana e brasileira a conhecer essa belíssima história e a visitar o Palácio Amarelo, a sua sede própria. Aqui, votamos as leis e ajudamos a escrever a gloriosa história de nossa Cidade Imperial.