Proposta foi votada em primeira discussão na sessão legislativa virtual dessa quinta-feira

Projeto de Lei aprovado em primeira discussão nesta quinta-feira (21.05), na Câmara Municipal, dispõe sobre a realização de campanha de conscientização das doenças causadas pelo uso excessivo da internet para estudantes da rede pública e privada, do ensino infantil e fundamental. A proposta 3826/2018 é do vereador Luizinho Sorriso (MDB) e busca criar, em abril, uma semana voltada para alertar os estudantes sobre o tema.

A proposta é que as escolas municipais programem palestras com especialistas no assunto, exposições de trabalhos escritos e cartazes alusivos ao tema, campanha educativa de combate aos abusos no uso da internet, e outras atividades que promovam a conscientização. A ação deverá focar na conscientização e conhecimento dos sintomas e prevenção das doenças causadas pelo uso excessivo da internet, como a depressão, perda auditiva e problemas na coluna e relacionados a comportamentos antissociais.

“Hoje em dia a tecnologia é um recurso indispensável para as atividades do dia-a-dia, sendo um caminho para aproximar as pessoas, filtrar informações e otimizar o tão escasso tempo. Mas apesar do meio apresentar benefícios para a sociedade, o uso desenfreado da internet causa dependência das ferramentas tecnológicas e trazem comportamentos de saúde prejudiciais ao ser humano”, afirma o autor do Projeto de Lei, Luizinho Sorriso.

A proposta segue, agora, para a Prefeitura, que poderá vetar ou sancionar o projeto.