Imprimir

"SETEMBRO AZUL" SERÁ INSTITUÍDO EM PETRÓPOLIS

O projeto de lei que institui no calendário de eventos da cidade o mês de setembro, já reconhecido nacionalmente como “Setembro Azul”, para marcar o desenvolvimento de ações de acessibilidade para a Comunidade Surda, foi aprovado na quinta-feira (11), na Câmara Municipal. De autoria do vereador professor Leandro Azevedo, a medida agora segue para sansão do poder executivo.

O “Setembro Azul” é o mês da visibilidade da Comunidade Surda Brasileira, uma ação que traz conscientização e homenagens a essa população. “Abracei essa causa porque essas pessoas precisam de atenção. Nossa cidade negligencia e não cumpre várias leis da pessoa surda, como a falta de um interprete de libras nas instituições”, disse o vereador.

Em sua justificativa, o projeto destaca que a escolha de setembro para o movimento não foi por acaso. Isso porque, o mês tem datas importantes que lembram perdas do passado, além de celebrações e conquistas.