A Câmara Municipal de Petrópolis aprovou na tarde de hoje (28/11), a redação final ao PL nº 4935/2019, que poderá proibir a venda de bebidas alcóolicas para grávidas no município de Petrópolis. O projeto, colocado em pauta pelo vereador Silmar Fortes (MDB), tem como objetivo coibir os efeitos nefastos do consumo de álcool em mulheres grávidas, bem como as trágicas consequências advindas do seu uso.

Segundo o autor, mulheres que consomem álcool correm um risco bem maior de terem filhos com síndrome alcóolica fetal (deficiência mental e problemas no desenvolvimento do crescimento), distúrbios de comportamento, má formação cardíaca e problemas de fala, quando comparas àquelas que não consomem bebidas alcóolicas durante a gravidez.

Antes de nascer, um bebê se nutre de tudo que a mãe consome. Isto porque durante a gravidez ele está ligado à placenta, que é nutrida pelo sangue da mulher. Por isso, recomenda-se a quem está grávida evitar certos alimentos e hábitos: entre eles, o cigarro e as bebidas alcoólicas.

“Além disso, os riscos aludidos existem durante toda a gravidez, e não somente nos primeiros três meses de período gestacional”, completa o vereador. Com o aval do Legislativo, a matéria agora será remetida para a sanção do prefeito Bernardo Rossi.