A Câmara Municipal de Petrópolis realizou na noite de ontem (10/07) uma audiência pública sobre o tema "A Obrigatoriedade do Ensino da História e Cultura Afro-Brasileira nas Escolas Públicas e Particulares de Petrópolis". A audiência foi uma iniciativa do vereador Justino do RX (MDB) e foi presidida pelo parlamentar. Desde a vigência da Lei nº 10.639/03, a temática se tornou obrigatória nos currículos do ensino fundamental e médio, no entanto, percebe-se que em quase todo o país essa legislação não vem sendo respeitada nas metodologias de ensino e materiais didáticos.

A audiência contou com a participação do vereador Professor Leandro Azevedo (PSD), do Coordenador de Promoção de Igualdade Racial, Marco Antônio KinKin, da secretária de Educação Marcia Palma e da coordenadora do Gabinete da Cidadania, Anna Maria Rattes, além de outras autoridades e pessoas ligadas ao Movimento Negro em Petrópolis. A audiência cobrou, em última análise, a implementação da Lei 10.639/03, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana nas escolas de ensino fundamental e médio brasileiras. Para os debatedores, esse ensino é essencial para a superação da desigualdade racial e do racismo em Petrópolis.

Justino do RX disse que o objetivo do encontro era o de debater as políticas ligadas à igualdade racial, e dar um primeiro passo para que o ensino dessas culturas passe efetivamente a fazer parte do currículo das escolas em Petrópolis. “Eu venho aprendendo muito com a cultura negra no Brasil. É importante que essa, que é a verdadeira história, seja conhecida por todos. Isso será um fator de transformação e autoestima para os descendentes dessa cultura”, disse o parlamentar, desejando que a audiência seja um divisor de águas no município.

A íntegra da audiência pública você encontra no link: https://www.youtube.com/watch?v=ncLvy8PjlvU

banner principal