Proposta pelo vereador professor Leandro Azevedo, foi aprovado na Câmara Municipal, o projeto de lei de criação da Semana de Conscientização sobre a Fibromialgia. A intenção do vereador é conscientizar toda a sociedade sobre a importância do diagnóstico e difusão de demais legislações já existentes que garantem serviços e benefícios específicos ao paciente.

De acordo com o projeto, a semana de conscientização deverá acontecer no mês de maio, contemplando o dia 12, quando é celebrado o Dia Internacional de Conscientização sobre a Fibromialgia. “As ações poderão ser realizadas em cooperação com a iniciativa privada e sociedade civil. A ideia é que sejam realizadas atividades diversificadas, como palestras e debates sobre a patologia”, explica o vereador.

A Fibromialgia é uma síndrome, na qual a pessoa sente dores por todo o corpo, durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles. Junto com a dor, também causa fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade. A idade de aparecimento da doença é geralmente entre os trinta e sessenta anos e a cada dez pacientes, entre sete e nove são mulheres.